O primeiro jornal impresso em tinta e em braille!
Jornal Conviva

Mercado de Trabalho


Ela é a única metroviária cega

Iara atende a reclamações, solicitações e elogios nas redes sociais do Metrô de São Paulo 

Por Lúcia Nascimento |  lucia@adeva.org.br

“Gosto de escrever, de ler, de cantar, faço teatro e me considero uma pessoa comunicativa.” Assim se define e justifica sua opção pelo jornalismo a funcionária da Companhia do Metropolitano de São Paulo, Iara Campregher Pasqualini, 31.  

Cega devido à retinopatia da prematuridade, Iara não encontrou dificuldades para cursar Jornalismo na Universidade Sagrado Coração, de Bauru (SP), apesar de boa parte das disciplinas serem muito visuais. “Difícil era conseguir as obras da bibliografia. Uma monitora gravava os livros para mim; outros, a faculdade passava no scanner. Nas aulas de televisão, eu escrevia os textos e deixava o visual para o restante do grupo. Afinal, cada um tem de fazer o que sabe fazer bem.”

No trabalho
Iara iniciou sua vida profissional na área de marketing da Deloitte Consultoria por meio do projeto Serasa Experian. “Fazia os clippings direcionados aos sócios, classificando as matérias diárias por assuntos específicos, destacando as positivas e as negativas.” 

Entre 2009 e 2012, Iara prestou vários concursos “apenas para acompanhar meu namorado ‘concurseiro’; nem me preocupava em ser ou não aprovada. Mas quando passei no concurso para assistente administrativo do Metrô resolvi assumir o posto, pois acreditei ter encontrado a oportunidade de fazer um trabalho que poderia me satisfazer”.

No Metrô
Desde 2013, Iara dá suporte às redes sociais da Companhia do Metropolitano de São Paulo. “O Metrô recebe reclamações, solicitações e elogios dos usuários pelo Facebook e pelo Twitter. Eles são encaminhados para a minha área que, por sua vez, envia para o setor responsável pelo tema da denúncia ou da reclamação. A solução e/ou resposta retorna para o meu setor e eu envio para o funcionário que irá postar nas redes sociais. Ninguém fica sem resposta.”

Iara também tem sido uma ‘ponte’ entre o Metrô e os usuários com deficiência visual. “Alguns usuários reclamaram que o Metrô postava fotos no Face sem descrição. Então, um colega de trabalho passou a fazer isso e enviar as descrições para eu conferir se estavam okay, se podiam ser postadas, se seriam entendidas por quem não enxerga.”

Além de tudo isso, Iara faz as planilhas com os relatórios de todas as demandas do mês, usando o conhecimento adquirido no curso de Excel que fez na ADEVA. 

Na vida
Ainda estudante de Jornalismo, Iara foi monitora da disciplina de rádio jornalismo. Como gosta muito de música, participou de um programa de canções antigas na rádio universitária FM Véritas, o ‘Compacto Vitrola’. “Eu contava a história de uma banda ou de um cantor com suas músicas de fundo. O curso de locução feito no Senac e o de sonoplastia, na Rádio Oficina, me ajudaram muito nessa época.”

Atualmente, Iara faz aula de canto e teatro. Como cantora, já se apresentou com a Banda formada pelos seguranças do Metrô e, como atriz, atua na Cia. Oficina dos Menestréis, do Deto Montenegro.

Apaixonada por livros, ela é uma ’rata’ de biblioteca. “Prefiro ler em braille a ouvir as obras em áudio, pois o braille melhora a minha escrita, me relaxa, eu ‘entro’ no livro. O áudio, mesmo oferecendo mais opções de títulos, me desconcentra. Sou muito ‘acelerada’.”

No futuro
“Gosto de trabalhar no Metrô, o ambiente é muito bom e moro a três estações da empresa, mas não descarto um trabalho na área específica de jornalismo e um curso de pós-graduação. Mesmo me mantendo em contato com colegas de profissão, acredito que não adianta ser amigo do presidente ou do rei se, quando vier uma oportunidade, a gente não estiver preparada para aproveitá-la. Estudar vem em primeiro lugar.”

 

Voltar

 

ADEVA Rua São Samuel, 174, Vila Mariana - CEP 04120-030 - São Paulo (SP)
Telefones: 11 5084-6693 / 5084-6695 - Fax: 11 5084-6298 - E-mail: adeva@adeva.org.br
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Compartilhe:
Indique este site! 

Webdesign:
E-Hipermídia Criação de Websites