O primeiro jornal impresso em tinta e em braille!
Jornal Conviva

Tecnologia


Convivaware

Consideração é bom e nós gostamos
Com o Windows 10, a Microsoft favorece também os usuários da tecnologia assistiva

Por Laercio Sant’Anna | laercio@adeva.org.br

Em um passado não muito distante, enalteci, aqui, a política de acessibilidade da Apple. Frisei o diferencial de se poder adquirir qualquer produto da "maçã" e, mesmo sendo uma pessoa com deficiência visual, já sair da loja com o leitor de tela funcionando adequadamente. É com alegria que, embora com bastante cautela, informo que a Microsoft começa a trilhar um caminho parecido com o da Apple.

No último dia 29 de julho, se encerrou a atualização gratuita de Windows 7 e 8 para Windows 10. A grande novidade é que a Microsoft estendeu este benefício para usuários de tecnologia assistiva. Quem faz uso de recursos como leitores de tela podem continuar atualizando gratuitamente suas cópias. Contudo, as novidades não pararam por aí...

Atualização de aniversário
No início de agosto, a Microsoft lançou a grande atualização para o Windows chamada de Atualização de Aniversário do Windows 10. Além de melhorias no sistema operacional como um todo, destaco a atenção dada aos recursos de acessibilidade. Além de novas vozes, foram implementados mais comandos no Narrator, o leitor de tela nativo do Windows. Agora é possível alterar a verbosidade da fala, alternar entre voz masculina e feminina, bem como navegar mais facilmente por textos e menus. Embora ainda seja um leitor de tela muito primitivo se comparado com os atualmente disponíveis no mercado internacional, é interessante conhecer seus comandos. Em uma situação de travamento do leitor de tela “oficial”, o Narrator pode ser muito útil.

Os novos ajustes
É importante salientar que, diferentemente do que ocorreu um pouco antes do lançamento do Windows 8, quando a Microsoft prometeu inovações no Narrator que não cumpriu, agora, o próprio Windows começa a receber ajustes que certamente melhorarão a experiência de uso das pessoas com alguma deficiência. 

O menu iniciar aceita a letra inicial de um programa para saltar diretamente para ele, facilitando muito a operação para usuários que não podem usar o mouse. A calculadora, por exemplo, oferece facilidades para que os leitores de tela consigam capturar todos os cálculos que são realizados, tornando seu uso muitíssimo mais confortável do que antes, quando precisávamos navegar com a tecla "tab" por inúmeros objetos para obter tal informação.

Algo que me impressionou foi que, ao atualizar meu Windows com o Narrator ativado, a Microsoft sugeriu a alteração do browser padrão de Microsoft Edge para o Internet Explorer. Detectando que o Narrator estava ativado, a Microsoft entendeu que eu era um usuário com deficiência. Informou, então, que, até o momento, o novo Browser Edge (padrão para o Windows 10) não oferecia acessibilidade para leitores de tela.

Uma nova era (?)
Atitudes como essas realmente demonstram uma mudança de postura da empresa. Não adianta desenvolver um leitor de tela magnífico, se o próprio Windows não “vestir a camisa” da acessibilidade.

Como escrevo esta matéria logo depois do lançamento dessa versão, ainda não tive tempo para explorar todos os novos recursos, mas confesso que estou bastante otimista. Principalmente por vislumbrar a possibilidade de mais uma grande empresa do cenário mundial passar a considerar a necessidade das pessoas com deficiência como parte efetiva do desenvolvimento de seus produtos. 

Voltar

 

ADEVA Rua São Samuel, 174, Vila Mariana - CEP 04120-030 - São Paulo (SP)
Telefones: 11 5084-6693 / 5084-6695 - Fax: 11 5084-6298 - E-mail: adeva@adeva.org.br
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Compartilhe:
Indique este site! 

Webdesign:
E-Hipermídia Criação de Websites