O primeiro jornal impresso em tinta e em braille!
Jornal Conviva

Editorial


Inclusão por toda parte: será?

Muito se fala na inclusão atualmente. O tema é assunto de seminários, matérias na mídia, teses, trabalhos de conclusão de curso (TCC), livros e até documentários. Inclusão na escola, no trabalho, nas artes, no transporte, nas mídias digitais e até mesmo no cotidiano.

Mas será que o que temos visto é efetivamente inclusão? Suponhamos que eu queira dar uma volta. Saio da minha casa e logo encontro calçadas mal cuidadas, com buracos, degraus. Eu ainda consigo transpor esses obstáculos. Mas e meus amigos cadeirantes ou mesmo as mamães com carrinhos de bebês, ou ainda as pessoas idosas?

Chego a uma esquina e não há semáforo sonoro. Eu consigo pegar um ônibus. Mas e, de novo, meus amigos cadeirantes? Há poucos ônibus adaptados para pessoas com deficiência física, obrigando-as a andar de carro, ou esperar por horas até que venha um coletivo adaptado.

Entro em um estabelecimento comercial. Compro o que quero e, quando vou pagar, tenho que torcer para a maquininha do cartão não ser daquelas com tela touch, em que a pessoa com deficiência visual não consegue digitar.

Saio dali, vou ao cinema. Há audiodescrição em todos os filmes? Antes de o filme começar, assisto a vários trailers em que os nomes dos filmes não são falados e eu fico com minha curiosidade lá em cima para saber quais serão as próximas estreias.

No final do filme, com fome, vou a um restaurante. Onde está o cardápio em Braille? Não tem! O garçom, constrangido, reconhece que precisam providenciar e me fala o menu.

Volto para casa. Quero dar uma passeada digital. Entro em um site e ele não está acessível. Se quiser fazer compras pela Internet, tenho que pedir ajuda.

Isso sem falar nas escolas, que não dispõem de condições para que os alunos possam estudar condignamente. No mundo do trabalho, as empresas tentam burlar a lei e muitas pessoas com deficiência ficam sem exercer o sagrado direito ao trabalho.

É bom falar de inclusão, mas melhor ainda é praticá-la de forma ampla.

Voltar

 

ADEVA Rua São Samuel, 174, Vila Mariana - CEP 04120-030 - São Paulo (SP)
Telefones: 11 5084-6693 / 5084-6695 - Fax: 11 5084-6298 - E-mail: adeva@adeva.org.br
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
Compartilhe:
Indique este site! 

Webdesign:
E-Hipermídia Criação de Websites